quinta-feira, 12 de março de 2009

Ventando em mim, Alice


Visitando os blogs de amigos, um, em especial, me chamou a atenção: "Alice no país do pensamento". Adoro o desenho "Alice no país das Maravilhas", já assisti inúmeras vezes. Minha mãe tb se chama Alice (significa: a verdadeira) e, por um triz, minha filha não teve o mesmo nome. Ele é lindo d+++. rsrs Mas por causa do ciúme, desisti da ideia, pois não seria politicamente correto. Ai, ai... Se a sogra se chamasse Maria, Maria Alice até teria dado certo. rsrs

Pois bem, comecei a ler as postagens e como adoro poesias e belos textos, fui lendo um texto atrás do outro. Até q me deparei com um simplesmente lindoooooooo. Então, pedi permissão para postá-lo aqui e ela concedeu. Q gracinha!!! Obrigada.

Quem quiser se deliciar com belos textos pode passar por lá. E não existe plágio (tudo contra) nem cópia de autores famosos não (nada contra), são textos escritos por ela mesma!!! Uma poetisa de mão cheia!!! Eu recomendo. Vou dar uma palhinha pra vcs, mas depois passam por lá, não vão se arrepender. Olha o endereço: http://alicenopaisdopensamento.blogspot.com/

Ventando em mim

Enquanto houver ar,
eu respiro,
enquanto houver amor,
eu vivo,
e enquanto houver vida...
....Nada poderá me calar ou me fazer não crer,
nada poderá me deter ou me impedir de pensar,
nada poderá amarrar minha alma ou impedir minha calma
e nada,
nada poderá deter meus pensamentos.
... Afinal sou como o vento,
por hora forte e frio,
por hora suave e manso,
mas jamais estático,
jamais inexistente ,
jamais escondido ou desapercebido.
Venho sempre sem saber por que
e, de repente, vou-me embora, sem saber pra onde ir.
É o prazer de chegar e a liberdade de partir.
Por onde passo eu toco, eu faço e eu me entrego.
Por onde vou eu levo, eu guardo e eu pego.
Sou o vento que sopra a brasa,
e que reacende a chama que inflama a vida de quem ama.
Sou o breve,
a passageira,
o de repente,
e a ligeira,
mas só ando com quem amo e com quem me queira.
Sou assim,
muito mais um sim do que um não,
jamais parando,
calando ou soprando em vão,
mas sempre levando e plantando,
e germinando a semente
para depois,
morrer em mim.



Vc é assim? EU SOU!!! rsrs

4 comentários:

  1. Oi minha linda .... adorei ....to podendo hein ?? heheheeeee



    mil bjkas pra vc

    ResponderExcluir
  2. Lucy, concordo com você a Alice é demais!!!

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Também gosto muito desse nome. Por muito tempo pensei em colocá-lo numa filha que futuramente possa ter, porque é anagrama do meu próprio nome e porque é lindo.
    Como se não bastasse, também curto o blog da Alice. Ela escreve com o coração. Belíssimo poema!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  4. Tenho um pensamento viajar ao vento! legal este lugar este espaço valeu !

    ResponderExcluir